fbpx

Cada vez mais empresas têm bloqueado IAs do Google 


Logos do Bard e da Vertex AI, duas ferramentas de inteligência artifical da Google, com o seguinte texto ao lado: Por que cada vez mais empresas bloqueiam IAs da Google com o Google-Extended?

Em setembro deste ano, foi lançado o Google-Extended, que permite controlar as informações do seu site que tecnologias de inteligência artificial da Google, como o Bard e o Vertex AI, podem captar. Inclusive, com a possibilidade até mesmo de bloquear completamente essas ferramentas. 

E parece que muitas empresas vêm aderindo à novidade. De acordo com um estudo da Detailed.com, compartilhado com a Search Engine Land, mais de 250 sites estão usando o Google-Extended para bloquear IAs, um crescimento de 180%. 

Entre alguns sites populares, estão os da Globo, do New York Times, da Yelp e do 22 Condé Nast. 

Por que os sites estão bloqueando tecnologias de inteligência artificial do Google? 

Uma das maiores preocupações de algumas empresas, principalmente do meio jornalístico, é ver seu conteúdo sendo utilizado por terceiros sem a devida autorização, muitas vezes por empresas concorrentes, que podem se aproveitar dessas informações para incrementarem seus próprios sites ou blogs.

Além disso, muitas companhias acham injusto que terceiros utilizem seus textos ou as informações que eles contêm sem uma compensação financeira, nem sequer uma citação da fonte. 

O que isso influencia no marketing? 

Muitas marcas e profissionais vêm recorrendo a inteligências artificiais como o Bard na hora de escrever  conteúdos para blogs, redes sociais, sites, newsletters etc. Esse bloqueio pode representar uma limitação na capacidade dessas IAs de fornecerem respostas mais completas e aprofundadas. Algo que exige atenção. 

Além disso, para aquelas empresas que não desejam compartilhar seus dados com a concorrência ou prezam pela privacidade dos seus dados, o Google-Extended pode ser uma boa opção. 

E você? O que acha sobre esse assunto? Diga nos comentários. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *