fbpx

LinkedIn confirma a remoção de carrosséis, vídeos de perfil e links clicáveis em imagens


Notebook com o texto ao lado: LinkedIn confirma a remoção de carrosséis, vídeos e links clicáveis em imagens

Há uma semana, a página de suporte do LinkedIn revelou que em breve removerá recursos como carrosséis, profile videos (vídeos de apresentação pessoal no perfil) e a opção de adicionar links clicáveis em imagens. Embora essa decisão tenha sido anunciada no meio do ano, a confirmação oficial só chegou aos usuários neste momento.

Matt Navarra, consultor de mídias sociais, surpreendeu muitos ao compartilhar um print de um comunicado da própria plataforma LinkedIn em sua postagem no Threads. Agora, a data para essas mudanças está definida para o dia 14 de dezembro de 2023. Segue a mensagem recebida:

“A partir de 14 de dezembro de 2023, removeremos todos os carrosséis e vídeos de perfil do LinkedIn. Se você incorporou links clicáveis em qualquer imagem ou vídeo, observe que seu conteúdo permanecerá, mas os links clicáveis não funcionarão mais. Você ainda pode compartilhar links externos na descrição de qualquer postagem.”

É importante ressaltar que todas as publicações realizadas no formato de carrossel serão perdidas, a menos que tenham sido carregadas como PDF, o que era feito pelos usuários antes da disponibilização do recurso. Até o momento atual, a publicação de um PDF continuará disponível, sendo restabelecido como um recurso caso o usuário queira realizar novas publicações em formato semelhante ao carrossel.

Sobre as publicações de vídeos no LinkedIn, é certo que este não era um recurso amplamente utilizado pelos usuários e foi introduzido somente em 2021, assim como os links clicáveis em imagens, que foram adicionados em agosto do ano passado. Atualmente, nenhum deles é um recurso ativo. No entanto, a partir de dezembro, os vídeos já publicados serão excluídos permanentemente. E quanto aos links clicáveis nas imagens, eles não estarão mais operacionais, contudo as imagens não serão removidas.

O que as mudanças no LinkedIn impactam no marketing digital? 

Ainda que o LinkedIn tenha considerado baixo o uso dos recursos que foram retirados da plataforma, levando em consideração o público em geral, a nova medida pode impactar negativamente no marketing digital de algumas contas, tanto as pessoais quanto as corporativas. Isso porque, muitas contas utilizavam os recursos para gerar mais engajamento com o público, aumentar a visibilidade de suas marcas ou fazer networking.

Quanto ao recurso de link clicável nas imagens, pode impactar principalmente as contas que adicionam botões de conversão para a venda de infoprodutos ou até mesmo produtos físicos.

Como se adaptar às mudanças no LinkedIn e não perder o engajamento? 

Assim como ocorre em todas as redes sociais, as mudanças estão presentes, e a melhor prática para evitar perda de conversão, audiência, engajamento e demais aspectos é se adaptar às mudanças e explorar todos os recursos disponíveis. Uma alternativa à impossibilidade de publicar vídeos de apresentação no perfil, por exemplo, é compartilhar um link na bio para o vídeo no YouTube ou em outra plataforma.

Outra opção, especialmente para páginas dedicadas à venda de produtos ou serviços, é utilizar mais o recurso de publicação de vídeos no feed. Já para a falta de carrosséis, ainda será possível publicar em PDF, ou simplesmente dividir seu conteúdo em posts estáticos. O importante é manter a mesma linguagem e entregar o melhor conteúdo possível à sua audiência, independentemente do meio.

Portanto, planeje-se, pois isso é fundamental!


E, para aqueles que desejem salvar algum conteúdo de profile video ou carrossel antes que as publicações sejam excluídas, basta entrar em contato com [email protected] até 11 de dezembro, que eles enviarão uma cópia do arquivo por e-mail.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *